24.9.07

Do you parlez português?


O jornal Púbico de hoje (sem link) resume as conclusões de uma conferência sobre línguas e oportunidades de negócio, realizada em Bruxelas no passado dia 21. Pode ler-se num comunicado à imprensa, da própria União Europeia, os objectivos do evento.

As principais linhas de força foram as expectáveis: não basta saber inglês, quanto mais línguas melhor, os ingleses até estão frequentemente em desvantagem porque desconhecem qualquer outro idioma que não seja o seu, os chineses estão a aprender línguas, etc., etc.

Acontece que, a propósito deste evento, vi uma entrevista na TV5, julgo que a um dos participantes da conferência (mas não percebi de quem se tratava), com uma ideia extravagante mas, no mínimo, original. Dizia ele que a melhor solução, numa Europa a 27, é que cada um vá tentando entender cada uma das outras línguas sem procurar falá-la, para não entrar num esquema hercúleo e inglório. A pouco e pouco, uma aproximação deste tipo permitiria que todos viessem a exprimir-se no seu próprio idioma, sendo compreendidos pelos restantes. Mostrava exemplos, mesmo escritos, com misturas de frases em inglês, italiano, francês, etc.

Se non è vero, è bene trovato - digo eu.