24.9.09

Ahmadinejad soma e segue












No discurso que fez ontem na ONU, o presidente iraniano atacou tudo e todos e insistiu nos seus dislates contra Isarel. As reacções não se fizeram esperar.

«Condeno firmemente os comentários escandalosos do Presidente Ahmadinejad nas Nações Unidas e estou decepcionado que tenha beneficiado de uma tribuna para exprimir o seu ódio e as suas posições anti-semitas», afirmou Obama em comunicado.

Delegados de doze países abandonaram a sala, entre os quais o dos Estados Unidos e os de seis países europeus (França, Grã-Bretanha, Itália, Alemanha, Dinamarca e Hungria). Portugal? Terá ficado sentado, certamente.

O discurso de Ahmadinejad pode ser visto aqui.

(Várias fontes)