2.9.09

E, com entrevista, abriu a «saison»
















Regressou Sócrates com o tom ameno de Junho. Talvez o verniz não estale ainda esta noite, mas não durará certamente até ao início da campanha.

Entretanto: os seus apoiantes acusam o PCP e o Bloco de não dizerem o que farão na madrugada de 28 de Setembro (data azarada, by the way…) para viabilizarem um governo de esquerda, se o PS ganhar sem maioria absoluta. Mas ninguém consegue arrancar uma palavra a Sócrates sobre o assunto e os ditos apoiantes consideram o facto legítimo e absolutamente natural. Sobrancerias de quem está no poder ou perto dele.