16.10.09

Quanto a sondagens, estou quase a dar razão ao dr. Portas













Apesar do meu passado católico, aqui me confesso: nunca li a Bíblia de fio a pavio. Talvez tenha tentado, mas aquilo tem mais personagens do que os romances do Agualusa e quase tantos crimes como o 2666…

Ora diz-se que 9,7% dos portugueses o fizeram. Um milhão? Mas alguém acredita nisso? E têm pelo menos a certeza de que os inquiridos sabiam o que era isso de «Bíblia»? Não estariam a confundir «Bola»?

P.S. – Também nunca li as Páginas Amarelas e tenho pena.

4 comments:

Anónimo disse...

Só para chatear:
Dos 7 aos 9 anos li parte da Bíblia — o Antigo Testamento (o Novo era uma maçada).
O Antigo Testamento é um excelente livro da aventuras — a aventura de um povo.
Li-o várias vezes, não no total mas as partes mais movimentadas.
Comecei a ler português aos 4 anos e español aos 6 anos. Não foi precocidade; foi ter Pais que me fizeram Gente.
Fui muito auto-didacta: ainda hoje digo Érvilha, e não Irvilha.
Não havia banda desenhada, nem os livros eram ilustrados (excepto uma versão dos contos de Jules Verne, com litografias).

Zeca Valeiro disse...

A Joana deve ter sido tão católica como agora é bloquista: estava na moda ou parecia mal ser outra coisa.

Joana Lopes disse...

Zeca Valeiro,
Julgo que não me conhece de parte nenhuma e, por isso, digo-lhe o seguinte sobre a «boca» que aqui deixou.
Eu, quando nasci, não tinha a noção do que era moda. Fui católica desde então até cerca dos 30 anos e garanto-lhe que isso me deu algum trabalho.
Qunato à actualidade recente, nos meios em que me movo, «moda» é ser do PS, caro amigo - deve andar um pouco distraído.

MC disse...

Joana,

nem eu. E já levo 50 de catolicismo. Li livros completos, mas de fio a pavio não. nem acho que isso meça alguma coisa.

É que com essa percentagem toda (na qual não acredito) o conhecimento da Bíblia é muito restrito.