1.12.11

Do 1º de Dezembro ficarei com a recordação…


… dos velhos tempos em que ainda não se festejava o 25 de Abril (e se apanhava pancada no 1º de Maio), mas se ia nesta data até à fronteira do Caia para comprar caramelos em Badajoz (com passaporte, autorização do marido e/ou do Ministério de que se dependia). Os mais abonados enchiam sacos com prendas de Natal, nos Preciados de Madrid ou de Vigo.

A Espanha nunca deixou de trabalhar para festejar a nossa independência e nós vamos pagar-lhe com a mesma moeda. É mais ou menos essa a ideia do governo, certo?
.