Páginas

16.2.12

E a troika bate palmas?


14% – taxa de desemprego no quarto trimestre de 2011 em Portugal. Ou seja, mais 1,6 pontos percentuais do que no trimestre anterior.

35,4% – taxa de desemprego dos jovens entre Outubro e Dezembro de 2011. Esta estatística diz respeito à população entre 15 e 24 anos.

31% – percentagem da subida da taxa de desemprego jovem.

17,5% – taxa de desemprego do Algarve, no fim do quarto trimestre de 2011. É a região com o valor mais elevado

52,6% – proporção dos desempregados que estão sem trabalho há 12 meses ou mais.

80.200 – número de trabalhadores que estão à procura do primeiro emprego

108.000 – número de desempregados que tem formação superior (14% dos desempregados)

226.900 – número de desempregados com 45 anos ou mais; é a faixa etária mais afectada

365.300 – número de mulheres sem emprego no fim de 2011 (taxa de 14,1%)

405.700 – número de homens desempregados no fim de 2011 (taxa de 13,9%)


«São números, de facto, preocupantes», «não há milagres nestas matérias» – Miguel Relvas dixit. Alguém duvida de que veremos números piores nos próximos trimestres?
.

5 comments:

Ana Cristina Leonardo disse...

... e se o relvas não tivesse dito a gente nem chegava mal. só nos saem inteligentes

Ana Cristina Leonardo disse...

no comentário acima era (não sei dos óculos)
a gente nem chegava lá.
Mas para responder ao título do post, nada como isto
http://sol.sapo.pt/inicio/Economia/Interior.aspx?content_id=41651

outofworld disse...

não sei se me mete mais nojo, se os 'milagres' se as 'matérias'.

Joana Lopes disse...

Ouvi agora mesmo um dirigente patronal qualquer dizer que, para o ano, será pelo menos 15%.

Renato Teixeira disse...

O Miguel Relvas não tem razão. Há milagres sim senhor: https://www.facebook.com/events/349869798364580/