8.10.12

Atenas, «com arrepios na espinha»



Ângela Merkel vai amanhã a Atenas, onde estará seis horas, e, apesar de medidas de segurança draconianas que vão envolver 7.000 polícias antimotim, snipers, helicópteros, baias de ferro e barricadas, foram proibidas todas as manifestações de protesto no centro de Atenas, entre as 9:00 e as 22:00.

Milhões de gregos, sobretudo os mais velhos, recordam, «com arrepios na espinha», os tempos da junta militar, entre 1967 e 1974, quando eram proibidos «reuniões e ajuntamentos de mais de três pessoas». 

Nem quando Bill Clinton visitou Atenas em 1999, em atmosfera hostil, se viu uma operação de segurança com estas dimensões.

Estará prevista alguma visita da «chancelerina» (linguagem inclusiva, se faz favor...) a Portugal? É só para ir fazendo algumas previsões...  

Fonte, entre outras.
.