4.11.12

Merkel manda, Durão apaga-se




Ela nunca perceberá que aquilo de que a Europa e a própria Alemanha precisam é de um verdadeiro objectivo de crescimento, como alguns (não só Ulrich) têm vindo a dizer: o tal «Plano Merkel» (por associação ao Plano Marshall do pós guerra) que, esse sim, inscreveria o seu nome, a dourado, na história do Século XXI. Assim, vê-lo-á a negro, como negras serão as nossas vestimentas quando nos visitar um dia destes.

Entretanto, aquele compatriota, cuja nomeação para a União Europeia tanto honrou os portugueses, passa entre os pingos da chuva belga. Nem poderá contar os navios do Tejo como Cavaco, deve entreter-se a atear a lareira e a comer pipocas.

Julgo que não terá sido para isto que foi criada a União Europeia. Mas posso estar enganada, claro. 
.