27.4.14

A pagela do dia



«O cardeal Wojtyla, dito João Paulo II, subiu aos altares da Igreja Católica, célere como poucos. Há 27 anos apenas estava na varanda reproduzida nesta foto ao lado do general Augusto Pinochet, presidente do Chile por graça de um golpe militar que custou milhares de vidas de democratas e deu asas económicas aos "rapazes de Chicago" para que a ditadura neoliberal tomasse as rédeas do mundo.

Ronald Reagan e Margaret Thatcher foram amigos dilectos do papa Wojtyla e todos eles colaboraram intimamente na modelação temporal de um mundo guiado pela teologia do mercado, pela infalibilidade do dinheiro, pela santificação das praças financeiras. Exemplo grande dessa obra é a Polónia nascida com a inconfundível marca - espiritual e temporal - de Wojtyla, ponta de lança do novo militarismo na Europa, uma das bases a partir das quais os Estados Unidos e a União Europeia cuidam da nazificação da Ucrânia. A canonização do cardeal Wojtyla, feito papa depois da morte misteriosa e ainda inexplicada de João Paulo I, é toda ela um milagre à medida dos dias terríveis e ameaçadores que o mundo atravessa.»

P.S. – Pretexto também para sublinhar o lançamento, no passado dia 25, de Jornalistas sem Fronteiras – leitura incontornável, a partir de agora.