Páginas

12.12.15

Adeus «Público»



Além de quase toda a primeira página, o Público dedica hoje outras 7 a uma entrevista a Passos Coelho. E o resto é péssimo. Estou a despedir-me deste jornal: só para fazer o Sudoku e as Palavras Cruzadas não merece o que custa. 
,

2 comments:

André disse...

Deixei de comprar o Público em meados de 2010; cheguei nessa altura a essa mesma conclusão...

vmsda disse...

Eu deixei de comprar no consulado de JMF, aquilo era um regabofe.
Agora, parece tudo um regabofe. Com a tomada de posse do atual governo, a direita resolveu cerrar fileiras, especialmente na comunicação social. Os pesos-pesados do Komentariado, esses deixaram-se de poses intelectualmente aristocráticas e tiraram os esqueletos dos armários; vão sacudindo o pó para cima de nós e mais tarde tratam das roupagens novas quando ficar mais claro para onde é que isto vai cair.