Páginas

15.3.16

De pernas para o ar



Não é porque o Facebook me recorda que publiquei una versos de Manuel António Pina exactamente há um ano. É que não está a ser fácil olhar hoje para este mundo com os pés no chão.

Da tragédia dos refugiados, que a Europa continua a tratar com preguiça e displicência, a um Brasil tão efervescente que nem é fácil entender quem é quem e quem não fez o quê, a um novo estado de sítio em Bruxelas, tudo transpira uma tal anormalidade que pode ser que sim, que seja bom «pensar em outras coisas e olhar para as coisas noutra posição» e talvez conseguir imaginar que «as coisas sérias que cómicas que são, com o céu para baixo e para cima o chão».

Pensar de pernas para o ar
é uma grande maneira de pensar
com toda a gente a pensar como toda a gente
ninguém pensava nada diferente

Que bom é pensar em outras coisas
e olhar para as coisas noutra posição
as coisas sérias que cómicas que são
com o céu para baixo e para cima o chão

Manuel António Pina, in O país das pessoas de pernas para o ar 
.

0 comments: