Páginas

2.4.16

02.04.1975 – Início da primeira campanha eleitoral em democracia



0:00 horas do dia 2 de Abril de 1975 marca o início da primeira campanha eleitoral da democracia portuguesa – a que se destinou a eleger deputados com a missão de escrever uma Constituição que viria a ficar concluída um ano mais tarde.

Concorreram doze partidos: CDS, FEC (M-L), FSP, LCI, MDP/CDE, MES, PCP, PPD, PPM, PS, PUP, UDP e uma Associação ADIM (Associação para a Defesa dos Interesses de Macau).

O PPD foi o primeiro a arrancar com a colagem de cartazes, simbolicamente iniciada por três dos seus principais dirigentes – Francisco Balsemão, Magalhães Mota e Sá Borges –, foi o PS que fez o primeiro comício, com início dado por Mário Soares, em Faro, no primeiro minuto da campanha.

O processo de recenseamento foi um trabalho homérico e saldou-se pelo sucesso de uma participação
de 91% dos eleitores. De um dia especialmente festivo, ficou a memória de filas intermináveis, onde muitos votavam pela primeira vez na vida.

Os resultados da votação foram os seguintes, em percentagens e número de deputados eleitos: PS 37,87% (116) / PPD 26,39% (81) / PCP 12,46% (30) / CDS 7,61% (16) / MDP 4,14% (5) / UDP 0,79% (1) / ADIM 0,03% (1). 
,
.

0 comments: