Páginas

4.6.16

04.06.1989 – Nunca esquecer Tiananmen



4 de Junho de 1989 marcou o fim de quase dois meses de protestos na Praça da Paz Celestial, em Pequim, quando os tanques avançaram brutalmente sobre os manifestantes. Os factos são conhecidos, mas é sempre bom tê-los presentes – sobretudo em imagens, que falam por si e substituem, quase sempre com vantagem, muitas palavras.




Há dois anos, quando foi assinalado o 25º aniversário dos acontecimentos, tudo foi especialmente recordado, sobretudo por alguns protagonistas de 1989 ou pelas suas famílias.







.

1 comments:

José Corvo disse...

Fazer da China um Iraque e de Angola uma Líbia? Mas que falta de juízo.