Páginas

9.6.16

«A Rainha das Cidades»



Se Alexandre Magno e Gengis Khan andaram por aqui, porque não andaria eu? E andei, hoje, por Merv, um dos principais centros da célebre Rota da Seda, localizada perto da actual cidade de Mary no Turquemenistão.

Declarada Património da Humanidade pela UNESCO, há quem defenda que Merv, a «rainha das cidades», foi a segunda cidade islâmica (depois de Bagdad) entre os séculos VIII e XIII e mesmo a maior do mundo no século XII durante um curto espaço de tempo. Tenha sido ou não, não há dúvida que teve o papel de um gigantesco polo de intercâmbio comercial e rezam as estórias que nela chegaram a concentrar-se caravanas com 1.000 camelos.

Foi incendiada e saqueada durante várias invasões e finamente destruída pelas tropas de Gengis Khan, que, com a embalagem que levavam, queimaram uma biblioteca com mais de 150.000 livros.

Hoje restam ruínas de grandes fortalezas, palácios e mausoléus, muitos a serem neste momento recuperados. Ficam algumas imagens e muito por contar acerca de cada uma delas…




,

0 comments: