Páginas

23.7.16

Serge Reggiani morreu num 23 de Julho



Serge Reggiani foi certamente um dos grandes cantores franceses que marcaram algumas gerações, mesmo em Portugal, antes de a língua francesa ir desaparecendo lentamente da vida dos mais novos. Pela interpretação, pelo encanto pessoal, pelo compromisso político, certamente pelos poetas que ajudou a conhecer, ao divulgá-los nas letras de muitas canções. Morreu em 23 de Julho de 2004.

Nasceu em Itália e ainda criança instalou-se com os pais em França para escapar ao fascismo. Começou como ajudante de barbeiro, inscreveu-se no Conservatório, com 19 anos, estreou-se no teatro onde contracenou com Jean Marais, entrou em alguns filmes. Mas passou rapidamente à clandestinidade na Resistência francesa. Regressou ao cinema depois do fim da guerra, mas foi como cantor que se consagrou, a partir de 1964. Entre muitos outros, cantou Boris Vian, Rimbaud, Prévert e Appolinaire.

Algumas das canções a não esquecer:






E esta, acima de todas as outras:


.

0 comments: