Páginas

29.9.16

Dica (402)



A viola no saque. (José Soeiro) 

«Tributar fortunas acumuladas e património de luxo é pois uma boa escolha económica e é um imperativo de justiça. É certo, como se provou, que os comentadores e os deputados que tentaram lançar o pânico esta semana não são muito sensíveis nem a factos nem a argumentos – e até os dispensam. Mas a estratégia que montaram em conjunto não tinha fundamento, não deu certo e, já se percebeu pelo silêncio, saiu derrotada.» 
.