Páginas

14.11.16

Atenas, a triste



Que não se trata de uma cidade especialmente bonita, apenas foi para mim uma confirmação neste primeiro dia por aqui passado. Nunca achei que o fosse, é arquitectonicamente pobre, salva-se obviamente a Acrópole e pouco mais.

Mas quando aqui estive no passado, antes de crises e de troikas, existia uma vida própria agradável, a Plaka era uma alegria permanente, cheia de pequenos restaurantes variados e tipicamente gregos, com lojas destinadas a turistas mas com artesanato de alguma qualidade – é pelo menos essa a recordação que guardo.

Hoje há muitas casas fechadas com chapas mal grafitadas, as ruas estão sujas e desleixadas, a comida tipicamente grega quase desapareceu e foi substituída, numa percentagem que não tem nenhuma equivalência possível em Portugal, por fast food de qualidade duvidosa, alguns restaurantes bons ou razoáveis só abrem à noite ou de vez em quando, mesmo quando anunciam o contrário. Os efeitos visíveis da longa crise estão portanto bem visíveis, até na qualidade do que se vê vestido em jovens e menos jovens.

O tempo está óptimo, Lisboa está cheia de turistas, mas não é o caso aqui. (E ainda não vi um único tuc tuc…)

Enfim: vi um belo pequeno museu, fui ao Pireu e amanhã há mais. Depois rumo ao Peloponeso. E não estou aí – o que é um grande descanso! 
.

1 comments:

luis reis disse...

Dos contctos que tenho com algumas pessoas gregas através da NET já sabia que era assim.Mas agora que aí está confirma-se os piores temores.Naquele tempo havia Alma. Hoje tenho receio de ir revisitar algo que me leve a ficar com mais raiva e ódio a estes filhos da puta.
De cada vez que penso nas inumeras vezes que estes merdosos/as jornalistas,refastados nos hoteis de 5 estrelas na praça Sintagma,( a Omónia não iam eles; pois tinhas medo de serem apalpadoa), a dizerem intrujiçes da pior espécie, só me dá nojo e asco. E é por isso que, quando me manifesto, fujo a estes jornalistas. Não aguentava, e de certeza ,que partia o microfone nas fuças dele ou dela.Depois ia ter " problemas" com a "Malta de Esquerda".Blá, Blá, temos de nos " respeitar"....etc.