Páginas

10.11.16

Hillary perdeu (também) porque…



«Trump também ganhou porque o Partido Democrata, numa opção suicidária, escolheu a candidata mais identificada com o sistema, com a corrupção da política e dos políticos. De nada lhe valeu ter mais de mil milhões de euros para financiar a sua campanha (o dobro de Trump), nem o apoio das elites política, cultural, jornalística e financeira, ancoradas na costa leste. Bem pelo contrário, quanto mais apoio reunia, mais Clinton era vista como parte dos que dominam, dos que não compreendem as preocupações de uma parte significativa da população. As redes sociais retiraram o monopólio às elites, nomeadamente aos meios de comunicação tradicionais, que acabaram em circuito fechado, a pregar para os seus leitores, desconectados com uma parte significativa da população.

Finalmente Trump ganhou porque o Partido Democrata boicotou Bernie Sanders. Sanders representava o outro futuro possível, os sectores progressistas que compreenderam as razões do descontentamento de largos setores da cidadania e que propõem uma reforma do sistema de financiamento partidário para pôr termo à corrupção do voto e criar uma alternativa ao pensamento económico único. Talvez a derrota de Hillary dê aos indignados progressistas uma nova oportunidade para reformarem o Partido Democrata e defenderam uma perspetiva inclusiva da América.»

Álvaro Vasconcelos