Páginas

7.11.16

Vergonha alheia


O inefável Ascenso Simões botou palavra para defender o último livro de José Sócrates. Transcrevo apenas isto e mais não digo. Por vergonha alheia: