Páginas

27.6.16

União Europeia: Sol na eira e chuva no nabal?


Isto, sim, assino sem qualquer hesitação. José Manuel Pureza

«Disse há dias António Costa que é cada vez mais difícil ser socialista sem ser crítico da União Europeia. Tem plena razão. Mas acrescentou que só se pode ser socialista na União Europeia. E assim incorreu no erro confundir o desejo com a realidade. Só se pode ser socialista contra a City e contra Frankfurt, contra Cameron e contra Hollande, contra Merkel e contra Dijsselbloem. Em nome da melhor Europa do espírito crítico, das lutas todas pela dignidade, da permanente incompletude, não se pode ser socialista senão recusando aquilo em que a União Europeia se tornou.»  

A Europa, do medo à esperança.

0 comments: