Páginas

7.2.17

Um PR criativo (e perigoso)



Marcelo disse hoje que no fim nos anos 60, inícios dos 70, as raparigas universitárias não saiam à rua sozinhas à noite, só acompanhadas. Esqueceu-se certamente de acrescentar que estava a falar das suas amigas betinhas.

A única coisa que me preocupa é que ele diz o que lhe passa pela cabeça e nem sempre todos têm / temos informação para saber se se trata, ou não, de puras invenções em assuntos que podem ser importantes. Sempre foi assim e não mudará. 
.

1 comments:

Niet disse...

" Queremos criar as condicöes igualitárias para todas as nossas desigualdades subjectivas ". Raoul Vaneigem. Carissima: sigo como Tucidides o movimento revolucionário do nosso PR, muito bem sinalizado por si! Elogio muito a sua determinacao e vontade em tentar percebe-lo... Salut! Niet