10.1.13

O mundo não quererá fazer o favor de estar quieto?



Partindo do fait divers Depardieu – Rússia, Ricardo Araújo Pereira, impagável como sempre.

«Todos os dias [o mundo] faz piruetas impossíveis, sem outra justificação que não seja obrigar-me a dizer, como um octogenário "No meu tempo não era assim". (...) Receio que a minha saúde não resista ao choque se, em 2033, a Coreia do Norte for um país livre, a Alemanha for um país pobre, e Portugal for um país decente.»

Na íntegra AQUI
.