Páginas

30.11.16

Peço desculpa, contive-me



Ricardo Araújo Pereira, na Visão de hoje, a propósito do insulto «disfunção cognitiva temporária»:

«Portugal merece que os seus deputados encontrem um meio-termo entre o que volta e meia acontece no parlamento de Taiwan e o que esta semana sucedeu n nosso: um modelo de discussão rija sem ser selvagem e cordata sem ser mariconça. Normalmente, as pessoas desculpam-se dizendo “Excedi-me.” O sr. Secretário de Estado devia ter a decência de nos dizer a todos: “Peço desculpa, contive-me.”»

Na íntegra AQUI.
.