Páginas

8.6.17

Torço por Trump



«Então, é hoje. O ex-patrão do FBI James Comey vai falar ao Congresso americano contra Trump. Ele já entregou um testemunho escrito onde revela parte das notas que tirou depois dos seus nove encontros com o presidente. Espero com ansiedade as conclusões do Congresso. Torço para que não se confirme que Donald Trump pressionou o então diretor do FBI para não investigar as ligações com a Rússia do conselheiro da Segurança Nacional Michael Flynn. Este acabou por se demitir, por ter mentido sobre os seus encontros com o embaixador russo - mas, antes e depois da demissão, Trump disse a James Comey para não investigar o general Flynn. Porém, pressionou ou só deixou cair uma leve sugestão? Estou mortinho para que a segunda hipótese - a da sugestão - seja a que vença no Congresso. Aliás, faço, aqui, uma despudorada pressão, nos limites da minha insignificância, para que Trump não saia derrotado. Tenho um só argumento, mas forte: o calendário. Trump, toda a sua vida, nunca escondeu que não é de confiança. Mas os americanos elegeram-no. Não é ao fim de quatro meses de governar que ele pode cair por causa da diferença que vai da palavra "pressão" à palavra "sugerir". Acabaria por ser injusto derrotar Donald Trump pela semântica, um terreno onde ele é um incapaz profundo. Temos de esperar que a evidência que ele sempre foi nos factos seja alcançada por muito mais gente. Vai custar, mas há esperança: Donald Trump está a fazer por isso.»

Ferreira Fernandes

1 comments:

Francisco Manuel Gentil Apolónio disse...

Mas nos EUA/USA quem é fala verdade?