27.5.14

Europa, essa grande derrotada



«Ninguém ganhou. Foi a Europa que perdeu. A que foi sonhada como um encontro de povos e culturas envolvidos por um mercado económico comum. E a que foi desenhada pelos burocratas de Bruxelas e pelos iluminados de Paris e Berlim.

A Europa do Mal-estar substituiu a do Bem-estar. Os resultados eleitorais reflectem isso, entre a abstenção e a votação dos partidos que irão para o Parlamento Europeu como se fossem um Cavalo de Tróia. Enquanto em Portugal se discute emocionadamente quem ganhou por pouco e quem perdeu também por milésimas, da Europa vem uma vaga de frio polar. (...)

A Europa da solidariedade desintegra-se. (...) A grande derrotada destas eleições maliciosas. »

Fernando Sobral, no Negócios
.