21.6.09

Para além da humildade














Ou o jornal citou mal as palavras de Sócrates, ontem no Fórum das Novas Fronteiras, ou elas não têm sentido. Depois de afirmar que o PS é um «partido de projecto e não apenas de protesto», teria explicitado:

«O PS não é nem deve ser apenas um partido de protesto que se possa limitar a andar por aí de dedo apontado ou de mão no peito a apontar erros e a dizer mal de tudo. Em Portugal já há muita gente para isso.»

Não deve ser «apenas» de protesto? Mas protesta quando e contra quem? Contra si próprio? Um toque de masoquismo, agora?