9.8.14

Uma vida em jeito de casino



... ou mesmo de roleta russa, já nem sei.
Esta não pode ser a única maneira de se gerir o mundo, ou este transformar-se-á, mesmo, num mundo cão.


«A Bolsa portuguesa está a ser uma das vítimas do colapso do Banco Espírito Santo (BES). Só na última semana o índice PSI-20 perdeu 7% da sua capitalização bolsista e já desliza 17% desde o início do ano. Os bancos cotados lideraram as descidas. (...) Mas a semana não foi só má para os bancos. Com a excepção da Jerónimo Martins, as restantes cotadas do PSI-20 sofreram a saída de investidores. Várias delas desceram mais de 10%, como a Mota-Engil, e nem mesmo empresas como a Galp Energia escaparam à fuga de investidores. A petrolífera recuou 5% esta semana. A crise do BES não explica tudo. As tensões geopolíticas em redor da Ucrânia, e agora no Iraque, agitaram os mercados e penalizaram as bolsas, com destaque para as da periferia europeia.»
(Expresso, 9/8/2014, 1º Caderno, p. 40) 
.