16.9.14

Acabaram-se as borboletas



 Pedro Santos Guerreiro, no Expresso diário de ontem.

«A venda apressada vai permitir fechar o dossier mas ao mesmo tempo deixar claro o prejuízo depois de uma injecção de quase cinco milhões de euros. E uma gestão que será avaliada pela velocidade e preço de venda não tem incentivo de construir, mas de controlar a destruição.»
.
.