16.7.15

Ver o mundo das alturas



Uma das novas atracções de Nova Iorque é subir ao topo do One World Trade Center, perto do 9/11 Memorial, onde se encontra o One World Observatory. Aberto ao público desde o fim de Maio, atrai multidões e há que estar preparado para uma fila razoável para comprar um bilhete que lhe dará direito a entrar… duas horas e meia mais tarde.

Sobe-se 102 andares por elevador em menos de um minuto e chega-se ao cimo daquele que se gaba de ser, actualmente, «o edifício mais alto do hemisfério ocidental». Tem-se então, aí e sobretudo dois andares mais abaixo, 360º de Nova Iorque à disposição, numa perspectiva magnífica, nova, e diferente, daquela a que nos habituámos no Empire State Building (até porque o vemos, agora que passou a nº 2…).

Com o requinte das novas tecnologias, é possível localizar e focar, num tablet, cada edifício ou espaço importante de Manhattan e ver, em detalhe, a sua estrutura, história e funcionalidade.

Visita obrigatória – sobretudo para quem, como eu, vem mostrar tudo isto a um neto de 10 anos…