11.4.21

11.04.1964 – A Cooperativa PRAGMA



 

A Pragma foi uma das várias instituições em que os chamados «católicos progressistas» se organizaram para reagir à ausência de liberdades elementares, à manutenção da guerra colonial e ao conservantismo da Igreja portuguesa e conivência com o regime, depois das expectativas criadas pelo Concílio Vaticano II.

Foi fundada em 11 de Abril de 1964, como uma «Cooperativa de Difusão Cultural e Acção Comunitária». Desde o seu núcleo inicial, incluiu sócios provenientes do meio operário, nomeadamente dirigentes e militantes das organizações operárias da Acção Católica. Os horizontes abriram-se rapidamente e muitos dos seus futuros membros nem sequer seriam católicos. Aliás, a Pragma acabou por funcionar também como uma espécie de plataforma aglutinadora de elementos da esquerda não-PCP que, por não estarem integrados em qualquer estrutura organizativa, nela identificaram um espaço de debate e de encontro (foi o caso, por exemplo, de muitos activistas das lutas estudantis de 1962). Acabou por ser encerrada pela PIDE em 1967.

(Muito mais NESTE POST de 2019.)
.