26.11.12

Não há limites para a afronta?



«Quem mais vocalmente contesta o que estamos a fazer são aqueles que têm mais (...), os que têm pensões de 240 euros não fazem debates nas televisões.» 

Uma das grandes vantagens de passar um serão sem ver telejornais é escapar a parvoíces do primeiro-ministro. Esta data de ontem, foi dita no reino da Madeira, e é no mínimo ofensiva para milhares. muitos milhares de portugueses, que não têm voz porque não lhes é dado palco, mas que não sofrem menos por isso. Ou que gritam nas ruas, cada vez em maior número, como no 15 de Setembro – tudo gente rica, obviamente...

Passos Coelho ignora isto tudo, no seu autismo sorridente e, sabe-se agora, também surdo, no sentido estrito da palavra. Se, pelo menos, tivesse alguém que lhe explicasse a realidade em língua gestual...

Ao vivo e a cores:


,,

4 comments:

him disse...

Só uma pequena nota: língua gestual e não linguagem.

Helena disse...

Inacreditável.

Fenix disse...

E depois de constatado este facto, há que baixar o mais possível os rendimentos dos portugueses até à fasquia dos 240 euros, pois é uma forma "pacífica" e segura de calarem as vozes dos insurgentes!

Esta gente não sabe (ou não quer saber) que de cada vez que assim falam, fazem-nos sentir "Uma força a crescer-nos nos dedos,e uma raiva a nascer-nos nos dentes", que é o fermento que levanta as massas. Por isso, de certa forma, é bom que se expressem assim, para serem derrubados em vez de saírem airosamente, por falta de votos.

luis reis disse...

Não, esta gente sabe, e muito bem, o que quer. Desenganem-se.Estava escrito nas estrelinhas....
Agora só resta lutar. Sem medos. Ou eles, ou nós. Simples.Radical? Estou-me cagando,isto tem de ir a mal? Pois seja.Agora como em 1933. estamos a ver, todos os dias, leis a sairem que só nos entalam. A policia já filma ao lado dos jornaleiros,os F. DA P. dos juizes,( ao qual só falta considerarem todos terroristas, nas futuras manifestações), andam a brincar á justiça, assobiam para o lado, gastam o dinheiro dos labregos,sem que ninguêm, meta cobro a essa corja que veste de negro...
Sabem o que foi Wannsee? Entre outas coisas,foi também, o "regularizar", através de "leis cientificas"( aposto que já, nessa altura andavam com GRÁFICOS), afim de se cumprirem as NORMAS,assim seriam desresponsabilizados futuramente, e foi o que aconteceu. Estava na LEI, foi "só" cumprir...tudo muito asseado.Estamos longe?Os principios estão todos nestas cabecinhas.Desenganem-se.