18.4.10

ἔξοδος?



Com Herman Van Rompuy e Durão Barroso sem grande carisma para incarnarem um novo Moisés, ainda ninguém parece ter percebido a mensagem que o Eyjafjallajökull está a tentar comunicar aos atormentados europeus.

Quais formiguinhas aflitas, estes continuam a regressar às suas galerias de origem, sofrendo, sabe-se lá por quanto tempo ainda, no chão de aeroportos, em comboios superlotados ou em autocarros com Katia Guerreiro. Sem entenderem que estão a ser soprados para Oriente, porque é lá que se encontra agora o centro do mundo, a Terra Prometida, a Montanha de Deus onde serão um dia libertados desta nova crise e da outra que ainda não passou.

Um pretexto como outro qualquer para aconselhar a leitura de mais um artigo sobre os BRIC’s: Les « Bric » peuvent-ils changer la façon dont tourne le monde?
(Ao Brasil, chega-se facilmente de todas as maneiras.)
...