3.9.11

Eu sabia que alguma vez viria a aplaudir Manuela Ferreira Leite


Foi hoje ao ler, no Expresso Economia, a sua coluna de opinião «Pontos de vista». Das críticas que faz às últimas medidas anunciadas pelo governo, sublinho a que vem referida neste texto. Até eu que, tal como o outro, não percebo nada de Finanças já tinha dito o mesmo.

Como comentava alguém, resta-nos exigir aos médicos um desconto de pelo menos 25%: dado que, da factura legal, mais de metade são impostos (entre IVA e mais de 40% de IRS), e que sem factura é isso que o médico poupa, é justo que divida ao meio com o cliente.

Em frente, pois, e que a imaginação seja a última a morrer. Quanto à esperança, terá de esperar por melhores dias…
.

2 comments:

Maria de Jesus Lourinho disse...

Pois olhe, Joana, a mim nunca tal coisa me passou pela cabeça; mas não é que me aconteceu também? Se calhar já nem sou capaz dum "odiozinho" de estimação.

Joana Lopes disse...

É assim, m. ...