24.6.13

Cavaco, versão Speedy Gonzalez



«Tão veloz como Speedy Gonzalez, Cavaco Silva promulgou a lei governamental para que os subsídios de férias só sejam pagos em Novembro. Tanta celeridade, em contraste com tanta reflexão no passado sobre tudo e mais alguma coisa, demonstram apenas uma coisa: Cavaco deixou de ser um presidente para passar a ser um pin colocado na lapela do casaco do Governo. (...)

Com Cavaco, acabou o semi-presidencialismo bebido nas teses de Maurice Duverger pelos constitucionalistas portugueses de 1975 e 1976. Isto sucede numa altura em que o CDS forja a mais consistente alternativa estratégica e táctica ao Governo de que faz parte (...) em tudo, um programa de oposição ao liberalismo de laboratório de Passos e Gaspar. (...)

O CDS sente que o vento vai mudar. Só Cavaco, perdido no seu labirinto, perdeu a noção das mudanças que têm de haver rapidamente para que o regime não impluda. Mas isso diz muito sobre a elite que nos governa.»

Fernando Sobral

(O link pode só funcionar mais tarde.)
.