20.10.13

A cidade imperial (*)



O que há de mais extraordinário para ver em Gondar é a «cidade imperial», um conjunto de seis castelos construídos seguindo técnicas introduzidas pelos portugueses no século XVI, implantados numa grande cerca que chegou a ter doze portas. A construção do primeiro teve início em 1640.

Durante o reinado do imperador Fasiladas (1632-1667), Gondar, que até então era uma vila sem importância, tornou-se capital do reino e, no auge do seu esplendor, chegou a ter mais de 80.000 habitantes. Em meados do século XIX era ainda o principal centro de comércio da Etiópia, mas acabou por ser destruída pelo imperador Teodoros que mandou incendiar os principais monumentos e igrejas da cidade.

As imagens dispersas, que aqui ficam, não conseguem dar uma ideia do conjunto, verdadeiramente notável. Este vídeo ajuda.







(*) Este post foi escrito no dia 16, quando a internet andava «avariada». 
.