9.1.18

Entretanto na AR




Não podiam ter sido gastos mais 385 milhões de euros na saúde? Claro que sim, foi uma questão de opções.
.