26.3.09

Portanto, aqui é que é a Cochinchina












Fundada pelos khmers (lá vêm eles!...) no século XVII, esta cidade começou por se chamar Prey Nokor e por ser o principal porto do Cambodja, foi anexada pelo Vietname em 1698, ocupada pela França em meados do século XIX.
Estou a falar de Saigão (capital primeiro da Cochinchina e depois de toda a Indochina francesa até 1902), quartel general das tropas americanas a partir de 1954, baptizada como Ho Chi Minh em 1975, quando a Guerra do Vietname acabou e as tropas do Norte entraram na cidade.

Portanto, chegarei a Prey Nokor, Saigão ou Ho Chi Minh, como preferirem, no oitavo dia de viagem. Claro que verei pagodes, templos e rios, mas, por essa altura do campeonato, já confundirei tudo e só os distinguirei mais tarde, quando identificar, em Lisboa, as respectivas fotografias...

Mas há por aqui algo de muito especial – em Cu Chi, nos arredores de Ho Chi Minh, 200 quilómetros de túneis subterrâneos, usados durante a guerra do Vietname para longas e rápidas deslocações que permitiam atacar o inimigo sem ser visto por este.
Contribuíram para o prolongamento da guerra, com correspondente aumento de custos, terão sido fonte de grande frustração para as tropas americanas e, em certa medida, deram uma ajuda para a sua derrota.
As fotografias dos acessos são um pouco assustadoras, mas hei-de pelo menos espreitar...